codice testata

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Roma

Roma
“Encontrei uma cidade de tijolos, lhes devolverei uma de mármore.” (Ottaviano Augusto)

O que resta de Roma hoje, é um fragmento dos sonhos de grandeza de homens do passado, incrivelmente ambiciosos e visionários. Sonhos nascidos para serem imortais, repleta de mármore e esculpita por maestros excelentes, honrados e temerosos em trabalhar por aquela que foi a Cidade Eterna. Um domínio romano que durou mais de 500 anos, e que no máximo do seu esplendor, conseguiu criar uma cidade branca, cintilante, uma estrela de mármore na Terra, que maravilhava o forasteiro e aterrorizava o inimigo... (more)

Roma
Sugestão de Musica: Matia Bazar - Vacanze romane
  

“Encontrei uma cidade de tijolos, lhes devolverei uma de mármore.” (Ottaviano Augusto)

O que resta de Roma hoje, é um fragmento dos sonhos de grandeza de homens do passado, incrivelmente ambiciosos e visionários. Sonhos nascidos para serem imortais, repleta de mármore e esculpita por maestros excelentes, honrados e temerosos em trabalhar por aquela que foi a Cidade Eterna. Um domínio romano que durou mais de 500 anos, e que no máximo do seu esplendor, conseguiu criar uma cidade branca, cintilante, uma estrela de mármore na Terra, que maravilhava o forasteiro e aterrorizava o inimigo.

Veneza

As obras que vocês encontrarão, que sejam estátuas, palácios ou residências privadas, lhes farão impressão pela grandiosidade. As estátuas não são quase nunca uma grandeza natural, mas sempre maiores em relação ao objeto real que representam, isso porque o artista era um cantor de heroísmo e `a ele foi dada a permissão de amplificar o homem, o soldado romano, o general a tornarem-se um algo mais. Os muros dos edifícios são espessos, monolíticos, e o mesmo senso de imponência dão as colunas que sustentam os tímpanos e os arcos de cada igreja e claustro. As fontes de mármore branco, essas também de dimensões despropositadas, brincam com a água e sua transparência, e juntas ao sol escaldante, cegam os olhos do expectador com reflexos cortantes.

Veneza

Antes de chegar a Roma leiam algo sobre a sua história, as suas guerras e conquistas. E com um pouco de imaginação, revejam a nobreza escondida entre vestígios de um glorioso império. Lembrem-se, não tentem encontrar no romano de hoje um mínimo traço daquele que foi o romano de um tempo. Trancado no seu carro, engarrafado no tráfico a xingar em seu dialeto monótono.
O romano de hoje, não é nem a sombra do último dos soldados romanos. É então necessário usar de fantasia, pois essa cidade extraordinária foi construída por pessoas extraordinárias, e pra entender bem o que vocês verão, se faz também necessário entender o endurecimento das pessoas daquele tempo já passado. Homens fortes, orgulhosos, de valores talvez duvidosos, mas fortes e teimosos até. O valor de uma vida era associado ao eco de sua morte, e cumprir atos heróicos era tão inspirador quanto possuir uma ferrari.
Para ajudá-los a compreender melhor do que estou falando, lhes faço um exemplo. E depois do exemplo, imaginem de substituir ao romano moderno, mil Muzio Scevola.

MUZIO SCEVOLA
Em 508 a.C., durante o assédio a Roma da parte dos Etruscos comandados por Porsenna, enquanto na cidade se iniciava a scassez de alimentos, um jovem aristocrático romano, Muzio Cordo, propõe ao senado de assassinar o comandante etrusco. Assim que recebe a autorização, se inflitrou nas linhas inimigas, graças também ao fato que ele era de origem e lingua etruscas, e armado de um punhal, chegou ao acampamento de Porsenna, que estava distribuindo dinheiro aos seus soldados. Muzio aguardou que o seu alvo ficasse só e então o apunhalou. Mas errou de alvo: tinha na verdade assassinado o escrevente do comandante etrusco. Imediatamente foi capturado pelos guardas do comandante, e levado ao comandante Porsenna, o jovem romano não hesitou em dizer: “ Queria matar você. a minha mão errou e agora eu a puno por esse imperdoável erro”. Assim, ele colocou a sua mão direita em uma brasa onde ardia o fogo dos sacrifícios, e não tirou até que não foi completamente consumida. Daquele dia em diante, o corajoso nobre romano recebeu o nome de “Muzio Scevola” (Muzio o canhoto). Porsenna ficou tão impressionado com esse gesto, que decidiu libertar o jovem e tremeu ao pensar qual seria a terrível natureza do seu inimigo.


Esses foram os homens que fizeram a grande cidade, e que eram exemplo para os jovens romanos, que cresciam com um único desejo no coração: poder morrer um dia em uma batalha por Roma.
E depois dessas fantásticas histórias daqueles anos auteros embalados por heróis, é hora de voltar pra terra. O tráfico é caótico, um enxame de formigas ocupadas que se encaixam ao ritmo de uma valsa imaginária imposta pelos semáforos. Vocês já abriram o último botão da camisa que é consentido pelo bom costume, um a mais seria uma indecência, mesmo se o calor é selvagem e vocês tirariam toda a roupa sem problemas. Agora vocês estão continuamente a procura de uma fonte ou de uma sorveteria, e o sonho secreto de vocês é pular na fontana di Trevi. Mas ao mesmo tempo vocês tem o mapa na mão, e se dão conta de quantos lugares ainda têm pra visitar.
Estão um pouco nervosos, vocês devem fazer uma escolha, não podem conhecer tudo. O que escolher entre Coliseu, Museus Vaticanos e Fórum Romano? A qual dar a prioridade? Bom, a escolha não é difícil: Museus Vaticanos, Museus Vaticanos, Museus Vaticanos (se vocês já compraram os bilhetes online, senão vocês pegam uma fila infinita tanto quanto o museu). Os Museus Vaticanos são demais, não muito, demais! Demais? Sim, demais! As obras expostas são excepcionais, reproduzidas em livros de arte de todo o mundo. Mas a nós do Itália Meu Amor, além das obras de arte, nos impressionou também o espaço expositivo, que é uma obra de arte a parte. Cruzando o limiar da Sala das cartas geográficas, vocês ficarão sem fôlego...

Veneza

`A noite, depois de recuperar o fôlego, sigam a beira do Tevere que os levarão ao coração da movida romana, o quarteirão Trastevere. O ar se transformou, é mais fresco, a atmosfera é borbulhante. Vocês se sentam, cansados da longa caminhada feita e do calor que os assediou durante todo o dia, bebem um cocktail com calma. As primeiras trattorias já começaram a servir qualquer Cacio e Pepe (um prato tradicional da cozinha romana que consiste em spaghetti, pimenta do reino e queijo pécora) e o perfume irresistível lhes abre o apetite.
Ao longo da ciclovia que desfila paralela ao Tevere ,os romanos correm, depois do trabalho, `a pé ou de bicicleta. Mas vocês não os invejam nem um pouco, já caminharam o bastante por hoje. Ouvem alguns garotos falando inglês, em um lugar onde preparam bebidas no lado interno de um sítio arqueológico, uma antiga casa patricia pra ser preciso, algo único, irrepetível. Certamente, amanhã vocês vão dar uma passada por lá pois estão curiosos. E como não? Beber na casa de um rico romano morto há 2000 anos!

Por Bacco, brindem `a sua saúde e aquela que foi uma geração de loucos heróis.

Veneza



❤ Dicas Práticas
Visita aos Museus Vaticanos e a Capela Sistina.
Vocês podem reservar e imprimir a reserva para os Museus e a Capela Sistina sem pegar fila. Para fazer a reserva é só clicar nesse link.
Quando entrar no site e fizer a reserva, eles te enviarão um email de confirmação que contém todas as informações de como se mover pra chegar lá, pois quem faz essa reserva online tem acesso por uma outra entrada. Quando estiverem já dentro, a direita, tem um guarda volumes (pra deixar a mochila etc, porque não pode entrar com mochilas e bolsas grandes).

Nota: A visita aos Museus e a Capela Sistina completa te tomam um dia inteiro, e mesmo assim vocês terão que correr um pouquinho pra ver o máximo que conseguirem. Pois a estrutura é gigantesca. Tem muita, mas muita arte pra ver! Além do teto pintado por Michelangelo que é algo de Divino! Na saída tem os correios do Vaticano (em italiano Poste italiane) se vocês quiserem mandar um cartão postal pra alguém no Brasil. Sugerimos que vocês façam esse passeio por volta das 13 hs, assim ficam até fechar, em 3 horas dá pra ver bastante coisa... (abre as 09:00 e fecha as 16:00). Quando vocês fizerem a reserva online, no bilhete estará escrito a estação que vocês devem descer que é a CIPRO, pois ela leva diretamente a entrada privilegiada sem filas para quem reservou os bilhetes online.


Link Utili:
* Trenitalia
* Italotreno
* Museus Vaticanos

Um comentário:

  1. Fui à Roma e A-D-O-R-E-I muuuuuuuito! Também conheço outras sete capitais de sete países e pretendo, se Deus quiser, conhecer ainda muitos, muitos países da Europa. Com exceção da Alemanha. Também não gosto dos Estados Unidos. Não tem história. Diferente da Turquia, por exemplo, que tem 8 mil anos de história. Sou apaixonada por viajar. Já viajei muito pela TAM e adorei. Tenho até cartão múltiplo, mas já usei também as linhas aéreas IBÉRIA e TAP, mas gosto mais da TAM

    ResponderExcluir